31 de dezembro de 2013

Painel da Mirage Pintado de Preto

Uma das coisas mais estúpidas que vejo na "obsessão pelo cromo" nas motos Custom é botar peças cromadas de forma que possam refletir o sol nos olhos do piloto.

Infelizmente as montadoras não pensam assim, pois diversas motos sofrem do mesmo "mal".

Não é feio, mas não é prático também.

Por isso, mandei tinta na criança.


27 de dezembro de 2013

Dica pra quem tem banco inteiriço na Mirage 250

Uma das coisas mais chatas de trocar o banco original da Mirage 250 por um inteiriço, é que você perde a praticidade de acesso ao kit de ferramentas, fusíveis, etc.

Isso acontece devido ao fato de que você solta apenas o banco do piloto com a chave, deixando o do garupa no lugar dele. Quando você colocar o banco inteiriço, a banco fica preso na ferragem do banco traseiro, na trava da frente e no parafuso de 10mm logo atrás dele.

Isso inclusive levou ao antigo dono da minha moto a comprar um chave e prender no quadro, para quando fosse preciso pegar as demais ferramentas fora de casa.

Já queria colocar um parafuso com a ponta "borboleta" e fuçando nuns cacarecos vi um parafuso que poderia eliminar essa chave 10 presa ao quadro. 

O que eu tinha não era suficiente para alcançar a porca dentro do para lamas então fui a caça na loja de parafusos e levei a última unidade que estava perdida por lá.


Fotos publicadas em: http://www.alternativecruisers.com



26 de dezembro de 2013

Mais umas vez estou fugindo um pouco do tema deste blog e botando política aqui, pois achei pertinente divulgar este caso:
 
Inicialmente você pode perguntar:

O que isso tem a ver com moto?

Pois bem meus amigos, não deveria, mas tem.

Vivemos num país onde cada vez mais tudo é obrigatório ou proibido, e quase nunca (para dar 0,00001% de chance) essas decisões são tomadas em favor do povo. Está cada vez mais sufocante viver por aqui.

Não é a primeira vez que vlogueiros sofrem esse tipo de coisa, recentemente o Dâniel Fraga também sofreu com esse tipo de problema.

O pecado deles?

Denunciar pilantragem.




Esse esquema que o Lúcio Big  mostra no vídeo é muito comum, uma empresa injeta dinheiro em um candidato e quando este é eleito a empresa tem benefícios estatais diretos ou indiretos.

Quer saber o que o candidato fará? 

Olhe pra quem financia ele, olhe para os aliados dele.

Tá caindo a ficha de onde isso fere os motociclistas?

Uma forma de devolver o investimento a uma empresa ou a um grupo, é tornando seu produto ou serviço obrigatório, o dinheiro sai direto do seu bolso, sem precisar desviar nada lá de dentro.

Não precisa ter utilidade, só precisa ser obrigatório, se um candidato for financiado (não necessariamente durante a campanha) por um fabricante de tampa de margarina texturizada, pode ter certeza que depois de eleito ele fará de tudo para tornar seu uso obrigatório.



A voz da internet tem incomodado, pois é mais difícil de manipular que um grupo revolucionário pau mandado e seus respectivos paga paus.

Por isso, estou divulgando aqui o vídeo do Lúcio Big, para que você que não se liga em política, mas adora a liberdade da motoca, entenda que cada dia que passa, liberdade se torna mais um slogan que uma realidade.


// update

Um vídeo que considero interessante que não incluí na época.

20 de dezembro de 2013

Update na lista de peças da Mirage 250

Olá meus amigos!

Concluí uma etapa da pesquisa das peças paralelas/ compartíveis/ genéricas adaptáveis e etc da Mirage 250.

Ainda há muito a ser feito, tenho outras fontes a consultar, falta organização e ainda pretendo incluir outros tipos de informação, mas provisoriamente, ela já pode ajudar as pessoas.

Abraço!

19 de dezembro de 2013

9 de dezembro de 2013

Comercial Royal Enfield Continental GT

Olá meus amigos!

Há algum tempo havia falado da Royal Enfield Continental GT.

Pois bem, quem leu sobre a história das Café Racers no Old Dog Cycles que eu havia indicado naquele post?

Se não leu, vá lá, leia, depois volte aqui e assista esse comercial:
Breve História das Cafe Racers




O mais legal (ou desatroso) é que o Bayer (o cara do Old Dog Cycles) já havia publicado este vídeo, mas na época eu não o vi, pois estava em uma conexão ruim, deixei pra ver depois e esqueci (novidade ¬¬).

No sábado foi publicado no grupo de discussão das Kansas 150 no Facebook e achei muito bom.

Quem quiser conferir o post no ODC, aí está:

Nova Royal Enfield Cafe Racer – Continental GT

Gostei muito desse comercial e pra entender a tirada que rolou lá pelo 17 segundos, recomendo a leitura deste outro post do ODC:

Mods and Rockers

E também este outro link aqui:

Mods and rockers - Wikipedia (inglês)

Talvez um dia me aprofunde em escrever sobre cultura e comportamento assim como algumas pessoas que respeito fazem.

Ou talvez encontre material deles e indique aqui :P

5 de dezembro de 2013

Mau contato Miolo Mirage 250

Tive um problema com o miolo da ignição da Mirage, algo que não me fez parar na rua, nem ficar preso no trampo ou coisa do tipo, mas que às vezes enchia o saco. 

Algumas vezes virava a chave e a moto não ligava, eu recuava um pouco e tudo funcionava perfeitamente bem. 

Vi isso acontecer também em uma Roadwin, sendo ambas coreanas, pode ser que essa dica sirva para ela também. 

Desmontei e notei que havia uma meleca semelhante à graxa dentro da peça, limpei tudo e observei que o miolo tem um contato normalmente aberto e outro normalmente fechado, ou seja, quando você desliga a moto, você fecha o outro contato e quando liga você abre esse contato. 

Mas para que serve esse contato? 

Pra nada.

Inicialmente achei que não havia fio nele, mas ao retirar a fita isolante eu vi que sim, porém, não existe fio equivalente na fiação principal. Talvez algum alarme pudesse ser acionado por esses contatos, mas sinceramente, seria muito óbvio.

O que isso significa? 

Significa que se por algum motivo os contatos usados para ligar a moto estragarem e o lado oposto estiver bom, você só precisa desencaixar a peça, girar 180 graus e encaixar novamente.

3 de dezembro de 2013

Piscas em Led no Mata Cachorro da Intruder

Olá meus amigos! 

Uma das grandes preocupações de motociclistas é ser visto no trânsito e uma coisa bacana para ajudar a ser visto são os LEDs. 

Recentemente instalamos uma fita de LED dentro do farol da Intruder (e depois fiz o mesmo com a Kansas). 

Mas ainda queríamos fazer algo que ajudasse a ser visto de lado, muitas vezes quando se está lado a lado com um carro, o motorista não consegue ver que você está dando seta. Por isso instalamos uma fita de LED para sinalização:

2 de dezembro de 2013

Conjunto óptico Yes 125 x Aro Mirage

Olá meus amigos.

Infelizmente uma peça que não dá certo na Mirage 250 2011.

Além do tamanho, não tem onde parafusar, logo, qualquer globo a ser adaptado neste modelo precisará da criação dos pontos de fixação, nada demais, só pra constar que além do tamanho, será necessário inventar uma fixação no corpo e outra no aro.

Se um dia quebrar o meu, troco é tudo de uma vez por um modelo duplo, tipo a Rocket III ou a Fat Bob.


29 de novembro de 2013

S2R - Harley Davidson

Olá meus amigos

Conforme prometido, não vou reclamar de preço de nada hoje.

Nesse stand eu fui apenas encher os olhos, que se danem os números.

Sinais de boa educação:


 
  







Stand com direito a Show
 
Inclusive de Humor

28 de novembro de 2013

S2R - Suzuki

Outra moto que estava muito a fim de conhecer pessoalmente era Inazuma 250.

Uma bela moto de dois cilindros, bom acabamento e números razoáveis em relação a potência e torque se comparados aos mono cilíndricos disponíveis no mercado.

Pena que o pessoal da Suzuki não entendeu que a Inazuma está mais próxima da Fazer ou da CB300 que de motos como a Ninjinha.

Daí assisti essa entrevista com o JT e tive vontade de dar um tapa na orelha dele.


http://www.revistaduasrodas.com.br/site/noticia/visualizar/1450/suzuki_inazuma_250_tera_preco_aproximado_de_r_15_mil_revela_diretor_da_marca 

A moto é bonita e empolgante, eu vi de perto, subi nela, mas NEM FODENDO que daria 15 paus nessa motoca pelo que ela tem de bom.


Basicamente, é bonita, refrigerada a água e tem sexta marcha.

Os fabricantes precisam entender que radiador não é ouro, que na real o que vale mesmo é o que a moto é como um todo.

Aliás, eu fico imaginando se os caras não tem fetiche por radiador e por isso dão tanto valor. 


É desejável? 

Sim, mas não pode resultar num produto com desempenho similar e preço tão superior.

A CB300 por menos já tem ABS e é flex, também dá pra comprar uma Teneré 250 e sobra troco.


Em uma conversa com um vendedor, ele havia chutado uns 12 mil.

Opa, por 12 mil fechou!

Doze mil, é pouco mais que a Fazer, que fosse 13 paus numa bi-cilíndrica com sexta marcha estaria bom.

Seria um prato cheio na disputa, inclusive esse valor apareceu em algumas matérias.

Mas por 15 pratas...

Ela conseguiu ser a mais cara das Nakeds, com preço igual ao da Comet GT250R, que também não tem ABS, mas é carenada, e o motor dela é o capeta.

Aliás, tem a versão naked por 11 mil, ambas refrigeradas a ar, mas ainda assim mais potente.

E o cara ainda fala de painel digital como se fosse algo espetacular.


Pena que a GSR 125 R já conta com painel digital, né.

E ainda acha o preço competitivo e cita a Ninjinha na história.

Não sei se 
ele notou, mas a Ninjinha tem mais de dez cavalos a mais. É outro andaime, deixa ela pra lá cara. Soa como vendedor de Horizon comparando com a Sportster.


Uma coisa que achei muito bonito nessa moto são os escapes. Sei lá, ter esses dois escapes dá uma sensação de que a moto anda bem, mesmo que os números não levem a esse raciocínio.

Esteticamente a moto me agradou bastante, mesmo com toda a minha chatice para motos modernas.

Fiz um comparativo básico, envolvendo apenas os dados mais "olhados" quando a gente vai comprar a moto. Ordenei pelo menor valor das opções.


Aqui temos uma lista mais completa e que pode ficar desatualizada a qualquer momento, então, faça o favor de conferir no site quando for comprar a sua.


 Modelo 
 Preço 
 Fabricante
Importador 
Quant.  Cil. 
 Refrig. 
 CC 
 Potência 
 Torque Máximo 
 Câmbio 
 Ninja 300 
 R$20.990 
 Kawasaki 
 Água 
 296 
 39 CV a 11.000 rpm
 2,8 kgf•m / 10.000 rpm 
 6 
 Inazuma 250 
 R$15.000 
Haojue Suzuki
 Água 
 248 
 24,4CV a 8500rpm 
 2,47kgf.m a 7000rpm 
 6 
 Comet GT250R 
 R$14.990 R$15.475
(Dual Tone) 
 Hyosung
Kasinski 
 Ar 
 249 
 29,4 cv / 10.000 rpm 
 2,20 kgf.m a 6.750 rpm 
 5 
 Ninja 250 
 R$13.990
Candy Lime Green 2012 R$14.320
Black/ Red 2012 
R$14.620 
Ed. Limitada 2012" 
 Kawasaki
 Água 
 249 
 33 CV a 11.000 rpm
2,24 kgf•m a 8.200 rpm
 6 
 Kahena 250 Dual 
 R$12.800 
Naked
R$13.800
Carenada 
 Kahena 
 Ar 
  
 19,8cv a 8400 rpm 
 1,84 kgf.m / 6200 rpm 
 5 
 CB300R 
 R$11990 
R$13.690 ABS
 Honda 
 Ar 
 291,6 
 Gas. 26,53 cv a 7500rpm 
Et.: 26,73 cv a 7500rpm 
 Gas.: 2,82kgf.m @ 6500rpm 
Et.: 2,86kgf.m a 6500rpm 
 5 
 Roadwin 250 
 R$11.990 
 Daelin
Dafra 
 Água 
 247 
 24 cv @ 9.000 rpm 
1,9 kgf.m a 7.000 rpm
 5 
 Next 250 
 R$11.690 
 SYM
Dafra 
 Água 
 249,4 
 25cv / 7500 rpm 
 2,75 kgf.m a 6500 rpm
 6 
 Fazer 250 
 R$11.410
R$11.810 
Blue Flex 
R$11.710 
Black" 
 Yamaha 
 Ar 
 250 
 21 cv a 8.000 rpm 
 2,1 kgf.m a 6.500 rpm
 5 
 Comet GT250 
 R$10.990 
 Hyosung
Kasinski 
2
 Ar 
 249 
 29,4 cv / 10.000 rpm 
 2,20 kgf.m a 6.750 rpm 
 5 


Prometo que no próximo post não reclamarei de preço. :P