17 de julho de 2015

Relê de Partida Kansas 150


Olá meus amigos 

Venho hoje mostrar a vocês, mais uma peça "paralela/compatível/genérica/mutante/compartilhada/etc e tal" para a Kansas 150. 

Trata-se do relê de partida, da CBX 200/ XR200. 

Abaixo as fotos das duas peças para comparação. 



Notem que o relê original está completamente oxidado, mas por incrível que pareça, ainda funciona, o que apresentou problemas foi o componente que fica no topo da peça e faz a ponte entre a entrada da energia, suporta o fusível e conecta a eletricidade com o resto da moto.


Mais um item que pode ser danificado caso você tenha a brilhante ideia de ligar um par de faróis auxiliares na fiação principal da moto. 

Neste caso, acredito que o que levou essa peça para o além tenha sido a infiltração de água na parte elétrica dela, algo que acontece através do banco. 

Até seria possível consertar o relê original, mas cá pra nós, seria muito trabalho para uma peça já deteriorada, que poderia me deixar na mão novamente e que custa menos de 30 reais.






16 de julho de 2015

Thaila Ayala e o país de Merda

Olá meus amigos

Ontem ao dar uma passada rápida pelo facebook vi uma notícia de que a atriz Thaila Ayala disse aquilo que muitos de nós dizemos diariamente:
 

País de merda.

Em primeiro lugar, pra quem assim como eu, não faz a menor ideia de quem é essa moça, segue o link na Wikipedia (não que eu considere a Wikipedia uma fonte segura de informação, mas é melhor que nada).

Eliminada a primeira etapa do processo, vamos à notícia que tropecei:

http://jovempan.uol.com.br/entretenimento/famosos/pais-de-me-diz-thaila-ayala-ao-chegar-no-brasil-entenda.html?cmpid=fb-uolnot

Sinceramente, não vi nada demais no comentário dela, é o que se diz quando se tem noção do assalto que é a tributação brasileira, principalmente sabendo que o dinheiro será, na melhor das hipóteses, mal utilizado.

Se você vive no mundo da lua e não está entendendo, deixa eu te contar um caso que aconteceu recentemente comigo:

Descobri um site de venda de peças da Hysoung, um site bem organizado e com preços legais, na minha primeira compra era o site com melhor preço e na segunda, acabou se tornando devido ao cupom de desconto que recebi.

Valor da compra: US$48,44.

Convertido em “irreal”, saiu por I$156,94, bastante caro considerando o que é, o meu salário (e o médio da população) e o valor da moto onde essas peças serão usadas, viva o dólar a I$3,24.

Não bastasse isso, já deixei I$10,01 de IOF, agora minha compra passou pra I$166,95. Passado uns dias, recebo uma notificação do correio que minha compra foi taxada e deveria pagar o valor de I$109,70, referente aos impostos e ainda mais I$12,00 referente à taxa de porra nenhuma para o Correio, que nem sequer entregou a encomenda na minha casa, pois nesses casos, é o destinatário que tem que ir buscar. Total de I$131,71 na mão do governo.

Estamos falando de pagar em impostos, o equivalente a praticamente outro produto. Em outras palavras, as empresas produzem, vendem e transportam, lucram e pagam trabalhadores,  quem TRABALHA, leva pouca coisa a mais pra BANCAR TUDO, que o governo que não faz PORRA NENHUMA.

E você acha que não é atingido por esse tipo de coisa?

Que isso só acontece com a atriz cheia da grana que chega de viagem ou com o cara que compra coisas esporádicas fora do país?



Vai nessa amigão!

Sabe aquela peça ridícula de qualidade esdrúxula que você compra pra sua moto ching ling?

Também paga imposto pra caralho, só que você não vê.

Aliás, a sua moto ching ling, a sua moto nacional, a sua internet, a sua comida, cinema, a porra toda tem imposto até o cu fazer bico.

Aí você olha em volta e vê o que?

Estrada toda cagada, esburacada, mal sinalizada, e quando não é assim, tem pedágio. Sem contar os limites ridículos de velocidade e o radares. E assim segue com o que é público, que por sinal, é parâmetro para serviço ruim (dá uma lida nessa postagem do MPM).


E nessa história toda, ainda surgem pessoas que sofrem de síndrome de Estocolmo ou se beneficiam dessa corrupção toda, defendendo o governo e o modo como se governa, como se fosse um partido ou outro, meras vítima de perseguição, enquanto no fundo, todos se esbaldam com a grana do povo, fazendo teatrinho de direita e esquerda e botando cidadão contra cidadão.




26 de junho de 2015

Guarda pó - Peça compatível



Olá meus amigos.

Recentemente precisei fazer manutenção na suspensão dianteira da Mirage, aos 49 e lá vai pedrada começou um vazamento no retentor do lado esquerdo.

Então entra aquela história do faça o digo não o que eu faço.

Pois bem, começou um vazamento, que talvez não acontecesse se eu tivesse feito a manutenção no tempo certo, se não bastasse isso, fui empurrando, empurrando e empurrando, tudo o que eu digo pra não fazer.

O resultado foi que além de trocar o retentor, tive que trocar também as pastilhas de freio que foram contaminadas com o óleo da suspensão e consequentemente o freio ficou um lixo.

Mas isso é papo para quando falar da troca do retentor em si, neste post falarei do guarda pó, que ficam escondidos em baixo daqueles acabamentos, mas merecem atenção.

Quando retirei o guarda pó velho, a sujeira no cilindro ficou praticamente intacta, ou seja, já não estava fazendo direito o seu trabalho há muito tempo.

Comprei os guarda pó originais da XTZ 125 (2TW-F3144-A0), custou 25 reais cada e é um pouco trabalhoso de trocar, pois precisa tirar as bengalas, mas nada comparado ao trabalho que dá trocar um retentor, que além do trabalho de tirar e colocar as bengalas, ainda é uma peça trabalhosa de mexer.


13 de maio de 2015

Philips X-treme Vision

Olá meus amigos!

Há algum tempo queria comprar a lâmpada X-treme Vision da Philips, que promete aumentar o alcance da iluminação em 100%.

Enrola daqui, enrola de lá, o farol original já é bom o suficiente, mas resolvi arriscar.

Procurei por tudo quanto é canto e não encontrei a lâmpada específica para moto, apenas a para carros, que tem menor resistência contra vibração.

Comprei de uns Alencares e até que chegou rápido, instalei no estacionamento do trampo e por isso cada foto saiu numa posição, afinal, cada uma foi tirada em um dia diferente:


Gostei do resultado, mas já adianto que não vejo necessidade dela para quem roda a maior parte do tempo na cidade.

Eu noto a diferença dela em vias sem iluminação ou em trechos escuros da rodovia quando não tem outros faróis acompanhando, ou no reflexo dele nos carros da frente, realmente ilumina mais, não sei dizer se o ganho é de realmente 100%, mas ilumina sim.

Até fiz piada que o ganho de iluminação é por conta da pronta refletiva, e que o resto é só papo furado pra justificar o preço.


Com este pequeno ganho, tenho um incômodo maior quanto ao reflexo do meu farol nos carros da frente, daí fico pensando em como aqueles dispositivos compensadores de PP, vulgo “Chinon” devem incomodar nessas horas.


Tentei fazer algumas filmagens comparativas, mas minha Go Pobre não ajudou, a diferença foi tão sutil diante das lentes dela, que deixei pra lá.

O ponto negativo para o modelo, é que só existe
H4 para motos na versão 55/60W, o que deixa a maior parte das motoquinhas de fora, sendo que são elas que mais necessitam de um adicional na luz.

8 de maio de 2015

OLD VLOG #'1

Se tem um cara que eu gostaria de ler mais, esse alguém é o Sr. Bayer. E não é que me deparei com um Vlog do cara. Tive que puxar pra cá, sei que estou devendo atualizar por aqui, mas hoje vai de Old Vlog.

10 de março de 2015

Peça Genérica para Kansas 150 - Pinça de Freio

Olá meus amigos!

Mais uma pecinha fresquinha pra colocar na sua Kansas e não depender de concessionária.

Estou falando de nada mais nada menos que a Pinça de Freio da Yes 125, aquela mesma que usei na Intruder 125 da Marlene, também atende a Kansas, mas com um pulo do gato.

Tomei a liberdade de incorporar os vídeos aqui, pois afinal de contas, foi pra compartilhar a informação que o Thiago filmou.



Abraço!

6 de março de 2015

Aulas de Guitarra e Violão

Moto e Rock n Roll tem tudo a ver, então o Jabá procede.

E também pq o sujeito é responsa.

5 de março de 2015

Moto no divã

Olá meus amigos!

Você já ouviu o que sua moto tem a dizer?

Já deixou ela expor seus sentimentos?


Normalmente as pessoas procuram um mecânico para isso, mas alguma coisa você mesmo pode ouvir em casa, tomando umas com a motoca.

No rítmo de "do it yourself", ou no caso, "resolva você mesmo suas paradas", aqui vai um pequeno vídeo que mostra como fazer a leitura dos códigos de erro na sua Injeção Eletrônica Delphi, que equipa a Mirage e a Comet 250 a partir de 2012.



Na antiga, com a injeção que até hoje não sei a origem, mas que conta com dois códigos de fabricantes, sendo um S&T e outro Daewoo, mas que o pessoal se refere como Daewoo, é necessário fazer um jumper em um terminal, que na Mirage fica próximo da bateria.

Os significados desses códigos estão no manual de serviço. 

Abraço

3 de março de 2015

Gasolina Barata e o conto do almoço grátis.

Olá meus amigos!

Em meio ao alvoroço da gasolina mais cara e mais batizada, volta a tona um vídeo de dois viajantes abastecendo na Venezuela.

A primeira coisa que se pensa é:

Estamos sendo feito de otários, se eles conseguem vender gasolina a esse preço, qualquer um consegue. 


De fato estamos sendo feito de otários e de fato qualquer um consegue vender a gasolina barata, isso se o governo subsidiar o combustível, como é feito lá.

A Gasolina aqui é cara, temos uma grande carga de impostos e uma distribuição cara (que provavelmente mascara mais impostos ainda).

"Ah que saco, o Leão reclamando de impostos e falando de política de novo"

Sim, pois o tema implica nisso.

Nossa gasolina não é a mais cara do mundo, nem a mais "tributada", mas também está longe de ser algo compatível com algo justo e o que o povo tenha condições de comprar, ou com o que se recebe em troca dos impostos pagos.

Dá uma olhadinha nesta página da Petrobras pra ter uma ideia.

Mas voltemos a venezuela, aquele lugar bacana que tem de tudo...



...faltando.

O que acontece por lá, é que o governo banca a gasolina e o povo paga no posto uma merreca, mas de onde sai o dinheiro para o governo bancar a gasolina?






Do mesmo lugar que sai o dinheiro que mantem o excelente serviço de saúde pública que temos por aqui, dos impostos.

De que adianta me venderem a gasolina barata se dobrarem os impostos sobre veículos?


Pais rico é país livre, quanto mais o governo mete o dedo, maior fica a ferida, é como aquela espinha que você cutucou ou como aquele vazamento de óleo que você tentou resolver apertando o parafuso o máximo que conseguiu. 

Poderia ficar horas aqui falando da Venezuela, da ideologia autoritária existente por lá e o quanto o nosso governo é baba ovo das mesmas ideias.

Mas deixarei uma pilha de links:

Abraço

http://spotniks.com/11-fatos-que-voce-desconhecia-sobre-gasolina-na-venezuela/
http://spotniks.com/venezuela-de-maduro-em-25-fotografias/
http://spotniks.com/situacao-na-venezuela-esta-ficando-preta/
http://spotniks.com/entenda-como-a-venezuela-se-transformou-num-lider-global-em-producao-de-pobreza/
http://spotniks.com/na-venezuela-coletivos-paramilitares-chavistas-passam-fazer-oposicao-maduro/
http://spotniks.com/dona-das-maiores-reservas-mundiais-venezuela-agora-precisa-importar-petroleo-entenda-o-porque/

Não fique só no Spotniks, pesquise mais ;-)

18 de janeiro de 2015

Remontando o motor de arranque.

Olá meus amigos. 

Tirei o motor de arranque da Kassandra pra ficar mais fácil de mexer no carburador, o que eu não esperava é que ele se desmontasse e eu fosse obrigado a retirá-lo para fazer a remontagem.

Pode ser que você, ser humano normal, consiga juntar as peças sem essa dica, mas, este gordo que vos fala tem uma coordenação motora muito ruim, e por isso precisa compensar com o dom da gambiarra. 

O primeiro material que eu tentei usar foi linha 10, de uma pipa que havia caído aqui no quintal, mas eu não sei se ela é fraca ou se estava fraca, mas não deu certo, então apelei pra saída dos gambiarrentos, as incríveis abraçadeiras de nylon, algo indispensável hoje em dia devido a sua praticidade, principalmente em procedimentos não oficiais. 

Segue o vídeo da brincadeira.